Senhor, Senhor? Eu nunca te conheci!

Anúncios

A segunda vinda de Jesus Cristo – João Bium


.

Introdução:

Existem algumas chaves para lermos e entendermos este assunto de forma ordenada:

1) Ler os evangelhos: Ali está o que Jesus falou sobre o assunto.
2) Ler as cartas apostólicas: Ali está o que os apóstolos interpretaram.
3) Ler o livro de apocalipse: Ali está um apêndice do evangelho de João. É importante entender que o apocalipse (revelação) foi dado a João na forma de uma visão, por isso, os acontecimentos não estão colocados de forma ordenada e nem cronológica.
4) Ler as profecias no velho testamento.
5) Leia para se familiarizar com o que está escrito. Para isso é necessário ler muitas e muitas vezes.
6) Não podemos ler com idéias preconcebidas, presumidas, baseadas em suposições. Temos que ficar somente com aquilo que está escrito, com o que está claro nas Escrituras.
7) Peça ao Espírito Santo revelação do que necessitamos saber sobre este assunto. “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus… e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” ( I Co 2:14).

Mt 24:3 “No monte das Oliveiras, achava-se Jesus assentado, quando se aproximaram dele os discípulos, em particular, e lhe pediram: Dize-nos quando sucederão estas coisas e que sinal haverá da tua vinda e da consumação do século.”

Os discípulos fazem três perguntas:

1) Quando sucederá a destruição do templo?
2) Que sinal haverá da vinda do Senhor?
3) Que sinal haverá do fim do século?

1- SINAIS QUE JÁ SE CUMPRIRAM:

a) A destruição de Jerusalém e a grande tribulação profetizadas por Jesus: Mt 24: 1-31 (15-22) ; Mc 13: 1-27 (14-20) ; Lc 21:5-28 (12-24). É importante observar que na narrativa dos evangelhos quanto a vinda de Jesus, Mateus e Marcos não se preocuparam em colocar em ordem os sinais que já aconteceram e os que ainda não aconteceram. Um exemplo disso é que os dois omitem o significado da expressão: “o abominável da desolação”. O que torna difícil a compreensão. Lucas, por ter se proposto a fazer “uma exposição em ordem” (Lc 1:1-3), é o único que esclarece o significado dessa expressão, ajudando-nos a entender que ela se refere ao cerco e destruição de Jerusalém ocorridos no ano 70 dC sob o comando do Gal. Tito Romano (existem registros históricos narrados por um historiador da época chamado Flávio Josefo).
(V. 20) “Quando, porém, virdes Jerusalém sitiada de exércitos, sabei que está próxima a sua devastação.” O entendimento de que os sinais, que estão relacionados a grande tribulação descrita por Jesus, já se cumpriram, é possível graças à expressão usada por Lucas: “- antes, porém, de todas estas coisas…” (v. 12). De acordo com a narração de Lucas, Jesus interrompe seu ensino sobre os sinais que antecederiam sua vinda (vs. 7-11) e passa a falar de coisas que aconteceriam antes mesmo desses sinais se cumprirem (vs. 12-24). É como se fosse um “parêntese”. Isso é possível perceber se unirmos o v. 11 com o v. 25 em diante: – “11 haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu… 25 Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; 26 haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados. 27 Então, se verá o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória. 28 Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima.”

b) Os judeus são espalhados por todas as nações – A diáspora (dispersão) Lc 21:24 “Cairão a fio de espada e serão levados cativos para todas as nações; e, até que os tempos dos gentios se completem, Jerusalém será pisada por eles.”

c) 1967 – O retorno dos judeus, a guerra dos seis dias, a retomada de Jerusalém – O fim dos tempos dos gentios, graças à restauração e formação do Estado de Israel no ano de 1948 pela ONU – Rm 11:25-26 “25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não sejais presumidos em vós mesmos): que veio endurecimento em parte a Israel, até que haja entrado a plenitude dos gentios. 26 E, assim, todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador e ele apartará de Jacó as impiedades.”

Ez 36:24 “ Tomar-vos-ei de entre as nações, e vos congregarei de todos os países, e vos trarei para a vossa terra.”

Ez 37:21-22 “21 Dize-lhes, pois: Assim diz o SENHOR Deus: Eis que eu tomarei os filhos de Israel de entre as nações para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei para a sua própria terra. 22 Farei deles uma só nação na terra, nos montes de Israel, e um só rei será rei de todos eles. Nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos.” Para continuar lendo Clique aqui.

180, o filme


Living Waters produziu recentemente um documentário fantástico sobre aborto. São 33 minutos que farão você pensar sobre o assunto. Cabe lembrar que o filme possui algumas cenas fortes, então recomendamos cuidado. Por fim, esperamos que você valorize a vida humana ainda mais após vê-lo.

ATENÇÃO: você precisa ativar a legenda do Youtube em português para poder vê-la. Clique na imagem ao lado para mais instruções.

ATENÇÃO: Está vetado pelos produtores fazer o upload desse vídeo em alguma rede social (Youtube, vimeo, etc…). Desejamos que um único vídeo tenha grande divulgação, então, por favor, aponte para este vídeo no Youtube. Esta versão para download é para exibições fora da internet

Fonte: voltemosaoevangelho.com

por Palavras de Cristo Postado em Videos Com a tag

Retiro em São José do Rio Preto – 2011

A Expectativa de Deus e Nossa Postura de Coração

A Planta e a Maquete de Deus

Erros que Podem Diluir os Princípios de Deus – Erro no Conceito

Erros que Podem Diluir os Princípios de Deus – Erro na Estrutura

Erros que Podem Diluir os Princípios de Deus – Erro no Coração

Aspectos Sobre a Ceia

Relacionamento com Deus

 

Fotos do retiro Clique aqui